Finanças Pessoais por etapas: algumas dicas e conhecimentos valiosos

Dica nº 1 de Finanças Pessoais: Se pague primeiro! Quer dizer: reserve antes de pagar suas contas, uma pequena quantia de seus ganhos ou remuneração para investir de forma constante, todos os meses. É melhor pouco, todos os meses, do que muito uma vez a cada dois anos, por exemplo… OBS.: Quanto mais puder investir, melhor é claro!!!

Dica nº 2 de Finanças Pessoais: Não faça compras por mero impulso! Analise se aquela compra é realmente necessária para vc… Se for, analise se vc precisa realmente comprar naquele momento ou esperar algum tempo para compra depois (alguns meses ou um ano depois) em melhores condições…

Dica nº 3 de Finanças Pessoais: Separe o dinheiro que você irá investir por objetivos, isto é, aquele da reserva de emergência para problemas inesperados (investimentos mais conservadores, ex: Tesouro Direto Selic); aquele para a realização de um sonho (por exemplo: uma viagem, compra de um carro novo, investir na educação dos filhos, etc.). Também pode ser tesouro direto selic ou um CDB de curto ou médio prazo e aquele que você irá investir na renda variável (bolsa de valores) visando turbinar seus lucros… Mas lembre-se: Dinheiro na bolsa de valores é para o longo prazo… Há muitas oscilações nessa modalidade de investimento, por isso, não se recomenda investir se nos meses seguintes você irá precisar dele… entendeu? É dinheiro para o longo prazo!!! Nesse caso, é melhor deixar em investimentos conservadores (ex: tesouro direto selic, CDB de curto e médio prazos, etc…) OBS: Se você não tem como investir em ações, não se preocupe, comece bem devagar com o tesouro direto selic, fazendo adesão em uma corretora de valores pela internet. A partir de 35 reais você já começa a investir em tesouro selic… portanto, BONS INVESTIMENTOS E MÃOS A OBRA!!! 💲💲💲

Dica nº 4 de Finanças Pessoais: Trace objetivos de curto, médio e longo prazos. Isso vai te ajudar a manter o foco sobre aquilo que você realmente deseja. Objetivos de curto prazo são aqueles que vão até dois anos, normalmente, com pequenas variações; Objetivos de médio prazo, são aqueles que vão de dois a cinco anos, normalmente; Objetivos de longo prazo, são aqueles que vão de cinco anos até dez, quinze, podendo chegar até a vinte anos, dependendo de seu objetivo. Veja, esse espaçamento de tempo entre os objetivos traçados, é muito importante para você assimilar em seu íntimo aquele objetivo formulado. Funciona como um compromisso seu com aquela meta traçada. OBS.: Porém nunca se esqueça de tempos em tempos rever suas metas e acompanhar se seu objetivo está no caminho certo ou não… Caso, você esteja se distanciando de seu objetivo inicialmente traçado, reveja suas metas…

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s